Reginaldo Afonso Bobato en beBee em Português, Desenvolvimento Humano, Poesia Escritor político-filosófico-poético • Eu mesmo no Face book 4/2/2019 · 1 min de lectura · +500

Olhares cruzados

Olhares cruzados

O tempo não quis passar porque a amei como fato que me marcou num instante, eu esperava então consertar meus erros, corrigir meus defeitos, e viver sem muitas lástimas como se eu pertencesse a um colégio erudito para sempre, e ela então me ensinou que era tão simples viver com amor, com entusiasmo, e quando ela mordeu seus lábios rosados em minha direção e me fitou profundamente eu teria que perceber qualidades em mim mesmo que eu não conseguia notar, pois o amor que eu senti por ela seria reflexo do amor que eu deveria ter sentido por mim, e tudo ao meu redor, mesmo num grande raio de abrangência, seria razão para eu nunca mais me esquecer de suas verdades que se ramificariam como promessas de vida.

Olhares cruzados

O tempo não quis passar porque a amei como fato que me marcou num instante, eu esperava então consertar meus erros, corrigir meus defeitos, e viver sem muitas lástimas como se eu pertencesse a um colégio erudito para sempre, e ela então me ensinou que era tão simples viver com amor, com entusiasmo, e quando ela mordeu seus lábios rosados em minha direção e me fitou profundamente eu teria que perceber qualidades em mim mesmo que eu não conseguia notar, pois o amor que eu senti por ela seria reflexo do amor que eu deveria ter sentido por mim, e tudo ao meu redor, mesmo num grande raio de abrangência, seria razão para eu nunca mais me esquecer de suas verdades que se ramificariam como promessas de vida. Por Reginaldo Afonso Bobato


Olhares cruzados

Olhares cruzados

O tempo não quis passar porque a amei como fato que me marcou num instante, eu esperava então consertar meus erros, corrigir meus defeitos, e viver sem muitas lástimas como se eu pertencesse a um colégio erudito para sempre, e ela então me ensinou que era tão simples viver com amor, com entusiasmo, e quando ela mordeu seus lábios rosados em minha direção e me fitou profundamente eu teria que perceber qualidades em mim mesmo que eu não conseguia notar, pois o amor que eu senti por ela seria reflexo do amor que eu deveria ter sentido por mim, e tudo ao meu redor, mesmo num grande raio de abrangência, seria razão para eu nunca mais me esquecer de suas verdades que se ramificariam como promessas de vida.


Olhares cruzados

O tempo não quis passar porque a amei como fato que me marcou num instante, eu esperava então consertar meus erros, corrigir meus defeitos, e viver sem muitas lástimas como se eu pertencesse a um colégio erudito para sempre, e ela então me ensinou que era tão simples viver com amor, com entusiasmo, e quando ela mordeu seus lábios rosados em minha direção e me fitou profundamente eu teria que perceber qualidades em mim mesmo que eu não conseguia notar, pois o amor que eu senti por ela seria reflexo do amor que eu deveria ter sentido por mim, e tudo ao meu redor, mesmo num grande raio de abrangência, seria razão para eu nunca mais me esquecer de suas verdades que se ramificariam como promessas de vida. Por Reginaldo Afonso Bobato