Reginaldo Afonso Bobato in filosofia, Comunicação e Jornalismo, Desenvolvimento Humano Escritor político-filosófico-poético • Sou eu mesmo indenp.de qualquer influência ou instituição., sou autor de 96 livros. Apr 8, 2021 · 1 min read · ~100

Quando um homem dorme como uma criança

Quando um homem dorme como uma criança

Dormir até as 10 ou 11 horas da manhã é gostoso, mas não faz bem à moral do homem e pode prejudicar até sua libido, além do que quem levanta-se bem cedo almoça melhor e dorme melhor, e normalmente não precisará de psicotrópicos para dormir.

Quando um homem se levanta cedo, de manhazinha, ele estará obedecendo uma ordem da criação suprema, sinta então os primeiros acordes dos pássaros, que se intensificam neste horário, e escute com fervor o zumbido das abelhas...

Sinta um grilo e uma cigarra cantar.

Durma pelo menos oito horas por dia, o sono profundo é parecido com o orgasmo, e tem sono quem estuda, quem trabalha, quem se meche e se abstém de preocupações indesejáveis, como complexos de culpa.

E como não os ter?

Não cometendo os sete pecados capitais, ou melhor, oito que é o coito e nove que é o falso juízo. Autor Reginaldo Afonso Bobato

Quando um homem dorme como uma criança

Quando um homem dorme como uma criança

Dormir até as 10 ou 11 horas da manhã é gostoso, mas não faz bem à moral do homem e pode prejudicar até sua libido, além do que quem levanta-se bem cedo almoça melhor e dorme melhor, e normalmente não precisará de psicotrópicos para dormir.

Quando um homem se levanta cedo, de manhazinha, ele estará obedecendo uma ordem da criação suprema, sinta então os primeiros acordes dos pássaros, que se intensificam neste horário, e escute com fervor o zumbido das abelhas...

Sinta um grilo e uma cigarra cantar.

Durma pelo menos oito horas por dia, o sono profundo é parecido com o orgasmo, e tem sono quem estuda, quem trabalha, quem se meche e se abstém de preocupações indesejáveis, como complexos de culpa.

E como não os ter?

Não cometendo os sete pecados capitais, ou melhor, oito que é o coito e nove que é o falso juízo.

ando um homem dorme como uma criança Autor Reginaldo Afonso Bobato