Reginaldo Afonso Bobato en beBee em Português, Desenvolvimento Humano, Jornalistas Escritor político-filosófico-poético • Eu mesmo no Face book 8/12/2018 · 1 min de lectura · +400

Um voto à consciência

Um voto à consciência

Conversando com um agricultor familiar de Pitanga PR, ele me disse que ninguém quer trabalhar hoje em dia com o advento das tecnologias, inclusive agrotóxica.

Eu então lhe disse resignadamente:

O que existe hoje em dia é concorrência, se você não se adequar vem o grande e nhoque, o pequeno iludido com um bom preço pago às suas terras pela grande, vai aos grandes centros e precisa então se submeter a trabalhos duros e penosos, é o êxodo rural.

(O que poderia ser feito é uma política conscienciosa de propagação e de selo rural para quem não usa agrotóxico nas plantações, mesmo que os produtos sejam mais caros devido ao emprego de mais mão de obra, e este fomento deve partir da EMBRAPA (Empresa brasileira de pesquisa agropecuária) e a fiscalização também.

É preciso explicar aos consumidores dos riscos que temos ao consumirmos alimentos com agrotóxico e os benefícios ao consumir produtos sem agrotóxicos.

Note que é todo um ciclo ecológico, posto qu4 abelhas voltam a produzir o mel apartir das flores, flores revivem assim com estes benéficos, os rios voltam a criar peixes, toda uma biologia envolvida para riqueza de flora e da fauna, torna com efeito positivo.

Com agrotóxico, o controle biológico de pragas se vê praticamente anulado, e existe tecnologia avançada do controle biológico de pregas e doenças, inclusive com o emprego de drones, para que organismos vivos diminuam a quantidade de organismos vivos na lavoura que são chamados assim de pragas, é um comendo do outro.

Um voto à consciência

Um voto à consciência

Conversando com um agricultor familiar de Pitanga PR, ele me disse que ninguém quer trabalhar hoje em dia com o advento das tecnologias, inclusive agrotóxica.

Eu então lhe disse resignadamente:

O que existe hoje em dia é concorrência, se você não se adequar vem o grande e nhoque, o pequeno iludido com um bom preço pago às suas terras pela grande, vai aos grandes centros e precisa então se submeter a trabalhos duros e penosos, é o êxodo rural.

(O que poderia ser feito é uma política conscienciosa de propagação e de selo rural para quem não usa agrotóxico nas plantações, mesmo que os produtos sejam mais caros devido ao emprego de mais mão de obra, e este fomento deve partir da EMBRAPA (Empresa brasileira de pesquisa agropecuária) e a fiscalização também.

É preciso explicar aos consumidores dos riscos que temos ao consumirmos alimentos com agrotóxico e os benefícios ao consumir produtos sem agrotóxicos.

Note que é todo um ciclo ecológico, posto qu4 abelhas voltam a produzir o mel apartir das flores, flores revivem assim com estes benéficos, os rios voltam a criar peixes, toda uma biologia envolvida para riqueza de flora e da fauna, torna com efeito positivo.

Com agrotóxico, o controle biológico de pragas se vê praticamente anulado, e existe tecnologia avançada do controle biológico de pregas e doenças, inclusive com o emprego de drones, para que organismos vivos diminuam a quantidade de organismos vivos na lavoura que são chamados assim de pragas, é um comendo do outro. Autor Reginaldo Afonso Bobato