Urgente: A saúde das pessoas que trabalham ou usam o ar condicionado pode estar afetada e contrair sérias doenças. O VÍDEO mostra este risco

Urgente: A saúde das pessoas que trabalham ou usam o ar condicionado pode estar afetada e contrair sérias doenças. O VÍDEO mostra este riscoAr Condicionado sem manutenção (limpeza) é um perigo para saúde - Tema em alta de SIPAT - Falta de Manutenção em Ar Refrigerado de escritórios provoca doenças graves (publicado em 2016) -  São comuns também os aparelhos de ar condicionado propagar doenças provenientes de fezes de pombos e de outros pássaros, que representam perigo à saúde das pessoas. Quando secas, elas podem ser aspiradas para dentro do sistema. Dessa forma, são levadas para o ambiente refrigerado. As fezes do pombo têm um fungo chamado Criptococcus neoformans, o qual pode provocar pneumonia e meningite.


PESQUISA :

Um ambiente de trabalho seguro garante um trabalhador saudável

  • 44% dos brasileiros sofrem com problemas respiratórios.
  • Duas resoluções publicadas pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa determinaram um conjunto de regras voltado para garantir a qualidade do ar em ambientes climatizados. A multa em caso de falta de manutenção pode chegar a R$ 200 mil.

Muitas pessoas não sabem, mas a falta de manutenção e limpeza do ar-condicionado pode gerar multa para empresas. Inicialmente, o Ministério da Saúde através da Portaria 3.523/98 determinou um conjunto de regras voltado para garantir a qualidade do ar em ambientes climatizados. A orientação é para que empresas e condomínios contratem técnicos ou um estabelecimento especializado para realizar a limpeza do ar-condicionado periodicamente. Depois, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a Resolução 176/00, exigindo testes periódicos nos aparelhos de ar em locais público e coletivo. Esses testes devem ser feitos pela vigilância sanitária dos municípios para comprovar que o ar não está contaminado. A multa em caso de falta de manutenção pode chegar a R$ 200 mil.

Usa o ar-condicionado para se refrescar? Atenção às bactérias! Encontradas no ar-condicionado podem até matar...

Até meados de julho desse ano, sete pessoas morreram em Nova York por conta da doença do legionário, uma espécie de pneumonia derivada de uma bactéria encontrada em ar-condicionado. Na mesma época, 64 pessoas estavam hospitalizadas por causa desta infecção pulmonar, num total de 81 pessoas infectadas.

Legionelose é uma doença pulmonar que pode colocar em risco à vida do paciente

Uma doença desconhecida por muitos, mas que pode levar à morte. Esta é a legionelose, uma patologia provocada pela bactéria Legionella pneumophyla que, quando aspirada, pode alojar-se nos alvéolos pulmonares, provocando uma pneumonia severa.

Uma empresa que pesquisamos na Grande Belo Horizonte apresenta:

• Dentre 62 empregados que trabalham em escritório, 26 estiveram sob cuidados médicos no ano de 2015, para tratarem de problemas respiratórios. Os problemas variavam de uma simples gripe, irritação dos olhos e narinas até pneumonia. 

• Uma empregada de 23 anos, teve afastamento de 34 dias. Os problemas respiratórios desapareceram, após um plano no início de 2016 de limpeza dos dutos periodicamente e coordenado pelo Gerente Geral de Operação, técnicos de segurança do trabalho e profissionais do SESMT e áreas diversas;

Geraldo Rodrigues de Medeiros, atua com medicina do trabalho e comenta: " é um assunto conhecido, mas ainda com poucos registros de uma forma mais específica e estudada. Se consideramos as 16 milhões de empresas espalhadas pelo Brasil. Os números verdadeiros não aparecerem diretamente em estatísticas oficiais como queremos. Mas de um certo tempo para cá, estamos ganhando mais estratificação. Estimo que no Brasil, próximo de 200 mil trabalhadores por ano sofrem algum tipo de problema respiratório nas empresas brasileiras especificamente provocados por falta de limpeza nos aparelhos de em ar refrigerado . A falta de limpeza no ar condicionado é um problema gravíssimo, que preocupa os médicos e está comum em climatização de escritórios, salas de controles e ambientes similares, que tem sido derivadores de doenças. A maioria das empresas desconhecem o problema, outras não dão prioridade e outras para não ter custo adicional não faz nos moldes recomendados e de periodicidade . Isto é preocupante e a situação agrava. Muitas empresas em função da crise , deixaram fazer esta limpeza. Quando o empregado é afastado por doença o custo cai na previdência; e todos pagam."

Geraldo também ressalta que : "pesquiso e acompanho desde 2007 cinco empresas pequenas de Minas Gerais que atuam com terraplanagem, extração e comercialização de britas, construção civil, fundição e metalurgia . São empresas pequenas que variaram nestes s 9 anos pesquisados de 2917 a 3419 empregados . Esta base envolve um número acumulado de anos de 31.292 empregados observados estatisticamente nestes anos, e 1.419 sofreram algum tipo problema respiratório, inclusive em razão de problemas de falta de limpeza do ar condicionado . Estamos falando de de 4,5% de empregados afetados em 10 anos em média.

 Geraldo de Medeiros, ressalta ainda que: um ministro de telecomunicação, Sérgio Motta, do governo FHC, morreu em consequência de doença causada por ar condicionado sem limpeza. No caso de uma indústria química os danos podem ser ainda maiores. O ar captado, dependendo do ambiente e a concentração de seus odores portam uma série de agentes químicos que vão para os difusores do sistema de refrigeração, e este devolvido e também distribuído no ar climatizado contaminado por agentes químicos que combinam com as impurezas que há de nos interiores dos dutos de refrigeração. Portanto a recomendação de limpeza. Isto é uma questão de responsabilidade com o ambiente e as pessoas que nele trabalham.”  

COMPORTAMENTO HUMANO

 O ser humano sente-se bem a uma temperatura entre 18º e 27º C. Para muitos, a climatização do ambiente é indispensável, sobretudo na primavera e no verão quando a temperatura é mais alta. Entretanto, os ambientes fechados e sem as devidas manutenções de limpeza e arejamento provocam problemas respiratórios, incluindo as patologias alérgenos.

Respiramos cerca de 20 mil vezes por dia e o ar climatizado artificialmente pode ser prejudicial à saúde, se cuidados essenciais com os aparelhos não forem tomados. Fungos, bactérias e ácaros são os grandes vilões. Isso porque a redução drástica da captação do ar externo resulta em aumento da concentração de poluentes biológicos no ar interno, fazendo com que a taxa de renovação seja insuficiente. Com isso, existe o risco de concentração dessas formas de vida nos ductos de ar condicionado, favorecendo a proliferação desses agentes que comprometem a qualidade de vida das pessoas, principalmente as que são mais vulneráveis à contaminação, como aquelas que têm problemas respiratórios como a rinite alérgica. 

O sistema de ar condicionado central, muito empregado hoje em dia, pode contribuir para o surgimento ou piora dos sintomas de alergias respiratórias. Isso ocorre porque o filtro de ar desses aparelhos, não está preparado para reter as micros partículas - fungos, bactérias, mofos, ácaros e vírus–agentes mais comumente implicados no desencadeamento de alergias respiratórias. Salas amplas e cheias de gente trabalhando, acabam se tornando ambientes insalubres, criando condições ideais para a proliferação das doenças provocadas por esses alérgenos.O ar frio paralisa os cílios (pêlos) que revestem as paredes do sistema respiratório, que são encarregados de jogar para fora as impurezas que entram junto com o ar que respiramos. Assim, fungos, mofo, bactérias, vírus e ácaros permanecem no organismo livres para provocar doenças respiratórias de natureza alérgica.s doenças do aparelho respiratório são principalmente: sinusite, rinite, otite, amigdalite, faringite, bronquite, pneumonia, asma, gripes e resfriados. Gripes, por exemplo, comprometem as defesas e favorece infecções mais graves, como a pneumonia.

São comuns também os aparelhos de ar condicionado propagar doenças provenientes de fezes de pombos e de outros pássaros, que representam perigo à saúde das pessoas. Quando secas, elas podem ser aspiradas para dentro do sistema. Dessa forma, são levadas para o ambiente refrigerado. As fezes do pombo têm um fungo chamado Criptococcus neoformans, o qual pode provocar pneumonia e meningite. O calor do sol é o maior inimigo de fungos, ácaros e mofo. Por isso, os alergologistas recomendam que deixe entrar em sua casa a luz do sol e o ar puro. Eles lembram que evitar as causas das alergias respiratórias é fundamental. Significa manter a casa ou escritório livre da poeira, do mofo e dos insetos mortos. O pó da barata morta, por exemplo, é um grande alergênico.s pessoas devem evitar locais fechados, com grande concentração de pessoas, por tempo prolongado, pois este fato facilita a contaminação. Em salas com carpete, o perigo é muito maior.

Mesmo que a pessoa não seja alérgica, a exposição aos elementos causadores de alergias (ácaros, fungos, mofo, poeira de local fechado, bactérias) acaba fazendo com que ela fique com maior sensibilidade. Sendo assim, a exposição repetida pode levar ao desenvolvimento de sintomas alérgicos. Como em toda doença alérgica, a prevenção é o melhor remédio. Por isso, os especialistas recomendam:- Evitar permanência em ambientes insalubres por muito tempo; - Tratar a alergia quando as crises surgirem; - Tomar vacinas, quando houver indicação; - Alérgicos e pessoas com mais de 50 anos devem tomar vacinas contra gripe, pneumonias e outras infecções respiratórias, provocadas por bactérias como o pneumococo e o hemófilo; - Tomar banho na temperatura ambiente (mais frio); - Fazer exercícios físicos; - Praticar natação preferencialmente em piscina fria (a recomendação não vale para quem tem sinusite, pois a natação pode agravar o problema). - Manter as janelas e portas do ambiente abertas a fim de arejar o local e receber o sol, sempre que o aparelho de ar condicionado não estiver em uso.- Contratar uma empresa especializada em limpeza e manutenção de climatizadores de ambiente a fim de desobstruir e desinfetar os dutos de ar, periodicamente.

Uma administração ética, é aquela que assume a sua responsabilidade ambiental, fiscal e social. Cria uma determinação, alienada à sua eficiência operacional de produzir com saúde das pessoas, segurança, respeito ao meio ambiente e seus stakholders. São empresas que criam um orgulho natural nas pessoas que nela trabalham e os seus consumidores também. Elas atuam sob a Gestão de vanguarda e o pensamento holístico. Possuem a certeza de que no futuro serão diferenciadas, abençoadas e admiradas nos mercados de capitais. A diferença delas, estará na administração humana, mas competitiva que praticam enxergando pessoas como capital humano, e a que a saúde delas vem 1o lugar. VEJAM VIDEO NESTE LINK:VIDEO AR CONDICIONADO SUJO MATA