Sergio Amaro en Vida Saudável, Cozinheiros e Chefs de Cozinha, Hotelaria, Gastronomia e Turismo Designer CAD • Freelancer 28/11/2016 · 3 min de lectura · ~100

Sabe que 8 cuidados devemos ter numa cozinha ?!? ?!?

Sabe que 8 cuidados devemos ter numa cozinha ?!? ?!?

1 - APOSENTE A COLHER DE PAU:

Preparar um bolo para a família, um jantar para os amigos ou aquele almoço de domingo é uma delícia. 

Mas você já observou os objetos que usa na hora de cozinhar? 

Uma colher de pau mal higienizada ou um pano de limpar a loiça usado podem representar riscos que você nem imagina. "Lugares úmidos, quentes e com resíduos de alimentos são perfeitos para a proliferação de bactérias", afirma a patologista Adília Segura, do laboratório Pasteur, em Brasília.

Conversamos com os especialistas e elaboramos uma lista com dicas simples, mas muito eficientes, para manter a higiene na cozinha e afastar os micro-organismos causadores de doenças.

Velha conhecida das cozinhas, a colher de pau é um dos maiores vilões quando o assunto é contaminação. 

"Isso porque os microrganismos se fixam nas ranhuras da madeira e dificilmente são retirados na lavagem e sobrevivem por longos períodos", diz a patologista Adília Segura. 

Ao reutilizar essa colher de pau, as bactérias podem contaminar os alimentos, causando doenças. 

Por isso, o ideal é trocar por colheres e espátulas de plástico/silicone.

2 - USE UTENSÍLIOS DIFERENTES:

Existe um tipo de contaminação chamada de cruzada. 
"Todos os alimentos possuem bactérias de sua própria natureza que, se misturadas, podem contribuir para a deterioração do produto ou então facilitar mutações que podem não ser benéficas para o nosso organismo", diz o nutricionista Omar de Faria, do Centro de Longevidade Golden Spa, de Brasília. 
Portanto, evite usar a mesma colher para todas as panelas ou colocar diferentes alimentos em um único recipiente.

3 - HIGIENIZE AS MÃOS:

Manter as mãos limpas é essencial para não contaminar os alimentos com sujeira ou bactérias do ambiente. 
"Lembrando que o ideal são unhas curtas, sem esmaltes, anéis ou pulseiras", afirma a nutricionista Cátia Medeiros, em São Paulo. 

Veja o passo a passo para higienizar corretamente as mãos antes de cozinhar:

1º Molhe as mãos e antebraços com água;
2º Lave-os com sabonete líquido e neutro por 15 a 20 segundos (palma, dorso da mão, espaço entre os dedos, unhas e antebraços);
3º Enxague bem as mãos e os antebraços;
4º Seque bem as mãos com toalha descartável (papel não reciclado) e uma toalha limpa somente para uso das mãos;
5º Se quiser, aplique produtos sanitários, como álcool em gel 70.

4 - NÃO GUARDE ENLATADOS NA GELADEIRA:

Quando você abre um produto enlatado ou em conserva e usa apenas uma parte no preparo da refeição, é comum devolver a lata com o que sobrou direto na geladeira, para usar em outra ocasião. 
"No entanto, o contato nos alimentos com o verniz de revestimento das latas (que fica exposto após a lata ser furada com o abridor), pode acelerar a oxidação do alimento e causar inclusive contaminação pela transferência de metais ao alimento", afirma a nutricionista Thatyana Freitas, em São Paulo. 
O ideal é transferir para um pote plástico ou de vidro com tampa para que fique bem vedado. 
"É importante também sempre lavar a lata com água e sabão antes de abri-la, pois seu armazenamento em supermercados e durante o transporte pode expor o produto à contaminação, seja por conta da manipulação dos clientes nas prateleiras ou mesmo pelo contato com roedores e baratas".

5 - EVITE PARTIR OS OVOS NO LAVA LOIÇA:

Neste caso, a contaminação é uma via de mão dupla. 
De acordo com a patologista Adília, se o lava loiça não estiver devidamente higienizado, é possível que os ovos fiquem contaminados pelo contato ao serem partidos. 
Além disso, os ovos podem conter salmonela, uma bactéria que provoca diversas doenças gastrointestinais graves. 
"Em muitos casos, o alimento contamina o lava loiça e, por contaminação cruzada, atinge outros alimentos".

6 - HIGIENIZE AS FRUTAS E LEGUMES CORRETAMENTE:

O ideal é começar pelos vegetais: retire as folhas estragadas e, se possível, descarte também as folhas externas dos vegetais, para reduzir a carga de agrotóxicos na refeição; lave folha por folha em água tratada, tirando a terra e as sujeiras com as mãos. 
Feito isso, lave bem as verduras com água corrente. 
Por fim, coloque tudo em uma travessa com uma colher de lixívia dissolvida em um litro de água e deixe de molho por 15 minutos. 
Para as folhas e frutas rasteiras que serão consumidas com casca, lave em água corrente, deixe de molho em uma solução de um litro de água para uma colher de chá de bicarbonato de sódio durante 20 minutos e, por fim, lave tudo em água corrente. 
"O uso de escova só é indicado caso haja sujeiras muito difíceis de retirar", diz a nutricionista.

7 - ESQUEÇA O BALDE DE LIXO OU CAIXOTE NO LAVA LOIÇA:

"Ter um balde do lixo no lava loiça é o mesmo que cozinhar ao lado do lixo e perto de muitos contaminantes", afirma a nutricionista Thatyana. 
O balde do lixo com restos de comida é ótimo para o crescimento de bactérias, que podem ser transferidas para os alimentos.
"O lugar do balde do lixo é no chão, com saco próprio trocado diariamente e abertura por pedal, para evitar que as mãos toquem no lixo", completa a especialista.

8 - EVITE GUARDAR PANELAS NO FRIGORÍFICO:

Se a panela for de alumínio, o ideal é passar o alimento para um recipiente de vidro ou plástico. 
"Quando em contato com o alimento por muito tempo, o alumínio é libertado e gera uma contaminação", explica a nutricionista Cátia. 
Se a panela for de vidro, inox com pré-tratamento, anti-aderente ou de cerâmica nova, pode até ser guardada no frigorifico, mas o melhor mesmo é colocar em potes. 
"Não deixe o alimento ficar mais de 2 horas em exposição à temperatura ambiente, pois isto torna propício à proliferação de bactérias".


                                           

                                                                                                       E fim ! ! !