Tecg° Ronen D. Q. (Um Pensador ) en Engenheiros e Técnicos, Professores e Educadores, Contabilidade Consultor e Analista • D&A assessoria e consultoria administrativa ,fiscal e financeira Hace 6 d · 1 min de lectura · +500

A Graduação Universitária Tecnológica

             Existem atualmente sendo oferecidos no mercado educacional brasileiro pelas Universidades e Faculdades  estabelecidas em diversos Estados um número aproximado de 166 Carreiras de cursos Superiores de Tecnologias em diversas áreas do saber como Química ,gestão de negócios ,finanças ,meio ambiente ,tecnologias militares ,industria de alimentos ,industria Naval ,construção civil etc .

             Muitas pessoas ainda não conhecem está  nova modalidade de Educação Superior chamada graduação tecnológica oferecida no Brasil pelas Universidades e faculdades instaladas no território nacional , que veio para formar especialistas em certas áreas do conhecimento acadêmico para o mercado de trabalho com  a proposta de formar em uma menor tempo do que as graduações tradicionais que são a licenciatura de 3 à 4 anos e o bacharelado de 4 à 6 anos .A Graduação Universitária Tecnológica

          Com a criação da lei federal 11.741 /2008 as profissões tecnológicas ganharam o direito de serem registradas em seus respectivos conselhos de classe profissional como o CRA, CREA, CRQ etc ....

           São cursos voltados para formar especialistas para o mercado de trabalho e por isso tem uma duração menor que vai de 2 à 3 anos de estudos em uma Universidade ou faculdade ,podendo ser de três modos Presencial ,Flex (misto Ead + presencial ), EAD on line integral  .

          Essa nova modalidade dá direito para o aluno formado ou seja graduado fazer prosseguimento aos estudos em modalidades como pós-graduação lacto -senso ou stricto senso (mestrado) e doutorado se assim for de vontade do aluno .

          O aluno depois que terminar a sua pós -graduação lacto -senso poderá entrar em uma Universidade para virar professor em determinadas carteiras do curso que ele se formou .

          A Graduação Tecnológica ainda não é muito bem aceita por empresas em concursos públicos no Brasil porque a modalidade ainda não está bem divulgada para as empresas que ainda preferem os bacharéis e os licenciados ,mesmo a profissão tecnológica sendo semelhante as tradicionais como acontece com a Administração de Empresas e o tecnólogo em Processos Gerenciais ambas carreiras administram empresas de diversos setores da economia Brasileira ,só que chega na hora do concurso a empresa que oferece coloca no edital que não aceita tecnólogos  no seu quadro de funcionários .


                                                 (foto de jovem em curso universitário )

         A mesma coisa acontece com o bacharel em química e o tecnólogo em processos químicos são profissões que podem ter as mesmas atribuições ´perante o conselho da categoria profissional só que as empresas não sabem disto e acabam não optando por contratar tecnólogos por receio de não serem profissionais qualificados para função ,o que não tem nada haver .

      Não confundam graduação tecnológica com curso técnico de nível médio são carreiras totalmente diferentes uma das outras e com atribuições distintas o tecnólogo pode assumir maior responsabilidade perante sua função diferente do técnico que é um profissional mais limitado .