Tecg° Ronen D. Q. (apenas um pensador 2 ) in Profissionais Administrativos, Auxiliar, Professores e Educadores Consultor ,analista e Gestor • D&A Consultoria Administrativa e Financeira Nov 16, 2019 · 1 min read · 1.1K

A educação no Brasil moderno

            Segundo pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística )a educação no país tem o seguinte cenário em 2019, lembrando que a população geral do país é cerca de 210 milhões de pessoas e se concentra grande parte na região sudeste do país a mais desenvolvida economicamente falando e com o maior índice de desenvolvimento humano chamado IDH.

  • Nordeste com 48 % de pessoas com ensino fundametal completo ;
  • Sudeste com 51 % da população com ensino médio completo antigo segundo grau ;
  • Pessoas com ensino superior 15% ;
  • Pessoas com ensino técnico profissionalizante 9%
           O Brasil é um país de dimensões continentais (5.° maior país do mundo )e por isso enfrenta grandes problemas na sua distribuição de renda e desenvolvimento educacional para a população ,pois existem diversas regiões de difícil acesso em nosso país como na região norte que não existem rodovias e o transporte é feito por barcos e aviões de pequeno porte .
           Na região Norte o tranporte das pessoas é feito pelos grandes rios que existem na região como o Amazonas o rio Negro e o Solimões ,e a população tem que navegar durante horas e dias para se movimentar na região Amazônica ,o que torna certas coisas mais difíceis para o povo dessa região .
              O Brasil se desenvolveu bem ao longo de sua curta história de 519 anos de descoberta pelos portugueses , mais as medidas politicas e sociais para o beneficio da população tem que continuar para garantir que esse crescimento continue e não atrapalhe o desenvolvimento do povo nas próximas gerações de brasileiro (as).
A educação no Brasil moderno

tecg° Ronen D.Q.2 21/11/2019 · #1

O Brasil tem enormes fronteiras e igulamente problemas para serem resolvidos para o benefício de seu povo como a diminuição do analfabetismo que ainda em 2019 chega ao índice de 11,3 milhões de pessoas no país .

0