Tifany Rodio en Coaching Brasil, Recursos Humanos, beBee em Português Content Manager • beBee 13/10/2016 · 1 min de lectura · 1,3K

Já ouviu falar em Networkaholic? (+ e-book!)

Já ouviu falar em Networkaholic? (+ e-book!)


Durante os voos, sempre dedico alguns bons minutos para ler a revista da companhia aérea. Dessa última vez, além de matérias sobre novos destinos para passar as férias e dicas de restaurantes de comida exótica, me deparei com uma reportagem sobre negócios. Nela, um empreendedor dizia que é capaz de ver conexões em tudo, e que se considera um NETWORKAHOLIC.


A expressão me chamou atenção e, no mesmo dia da aterrizagem, fui buscar mais sobre o termo Networkaholic = NETWORKING + WORKAHOLIC.


A descrição do empresário cabe perfeitamente. Os networkaholics são aquelas pessoas capazes de estabelecer conexões com outras, em qualquer situação. Pessoas que praticam o networking e desenvolvem suas próprias técnicas para isso. Adaptam as formas de networking existentes e encontram seus próprios caminhos para relacionar-se com outros profissionais. 


Ficou curioso para saber mais sobre o assunto? Aqui deixo o link para um e-book super bacana, em inglês, que pode ajudar você a encontrar sua própria maneira de criar ou ampliar sua rede de relacionamentos. Acesse: Networkaholics Revealed! True Confessions From People Who Networked Their Way to Success


The networking silver bullet is to find a way to provide people information that is useful and educational, and relevant to what they want.
Trecho do e-book Networkaholics Revealed! True Confessions From People Who Networked Their Way to Success 


Aqui no beBee, nossa maneira própria de fazer networking é encontrando pessoas que possuem os mesmos interesses que nós e estabelecendo conexões mais profundas com elas, a partir dos temas que temos em comum :) Esse é o networking por afinidades. Se você entende algo de Espanhol, leia esta matéria/entrevista para saber um pouco mais sobre por que você deveria começar a praticá-lo! 


E você, é um networkaholic? Faça essa reflexão e me conte nos comentários :)


Maurity Cazarotti 13/10/2016 · #10

Adorei o termo e o texto! :)

+1 +1

#5 @Luciano Carmo, fico muito feliz em saber que de alguma maneira eu te ajudo, e fico mais feliz ainda por ver seu caminho aqui sendo tão bem trilhado. Pode continuar a contar com a nossa ajuda, com nosso carinho e com seus méis sendo compartilhados porque são muito úteis e sempre bem vindos. Obrigada pela menção. E @Tifany Rodio, continue a nos brindar com mais informações e méis de qualidade.

+2 +2
Luizia Patrício 13/10/2016 · #8

Gratidão pelo post @Tifany Rodio,minha sacolinha so se enchendo de conhecimento , vou ler com mais atenção o post , e todas as indicações deixadas e falo mais a respeito ok! E você abelha @Luciano Carmo , fique sempre a vontade o que estiver em meu alcance para que seu NETWORKAHOLIC's,seja bem mais desenvolvido e aprimorado assim como o meu,conte sempre comigo e com certeza, com as demais abelhas citadas , @Augusto Santos,@Alex Justino Da Silva,são abelhas excepcionais, que com toda certeza acregaram , se voce não os segue fica a dica. Assim que eu experimentar cada gotinha deste mel retorno com os comentários abraço abelhas!

+3 +3

#5 @Luciano Carmo, ficamos muito felizes que você tenha encontrado no beBee um espaço onde se sinta à vontade para publicar seus artigos. Seus textos e opiniões são muito importante para nós! E que aqui possamos todos ser um pouco NETWORKAHOLIC's.

+4 +4
Tifany Rodio 13/10/2016 · #6

#5 Adorei o comentário, @Luciano Carmo. Que bom que aqui você se sente confortável em expôr suas opiniões e em compartilhar um pouco de seu conhecimento conosco. Assim se faz networking :) Seja sempre bem-vindo!

+3 +3
Luciano Carmo 13/10/2016 · #5

@Tifany Rodio . Resumo seu artigo com as palavras da propria Nohelis Ruiz Arvelo. El mejor lugar para hacer networking es aquel donde nos sintamos cómodos y a gusto. Son esos lugares donde intercambiamos siendo nosotros, donde nos permitimos expresarnos, donde somos escuchados, aquellos lugares donde encontramos a personas que nos inspiran, a personas que aportan y nos transmitan confianza, aquellos espacios donde no nos sentimos excluidos ni fuera de lugar y donde podemos aprender. Me sinto avontade em bebee pelo carinho dos leitores e principalmente pelos compartilhamentos de meus arquivos e fico grato quando o @Marcos Vinicius Fernandes Ferreira, @Franciane Nunes Paciência Torres, @Luizia Patrício e outros me ajudam nesse seguimento do qual é qualidade de vida e segurança a todos. Parabéns pelo artigo. :)

+4 +4
Tifany Rodio 13/10/2016 · #4

#3 É verdade, @Franciane Nunes Paciência Torres :) até os mais tímidos podem praticar o networking. É só criar uma estratégia e aproveitar as oportunidades! Obrigada pelo comentário e um abraço!

+2 +2

Podemos fazer Networking em qualquer hora e lugar, é só sabermos aproveitar cada situação e ser "desenrolado" também, tem que chegar e já criar um clima que propicie uma conversa ou uma troca de contatos. Obrigada, @Tifany Rodio, pela dica do e-book, será muito útil.

+2 +2