Yuri Cidade en Artistas, Músicos e Atores, Estudantes, Escritores Estagiário • Ministério Público de Santa Catarina 9/11/2016 · 1 min de lectura · +300

Uma vaga lembrança do nada

Uma vaga lembrança do nada

Equilíbrio:
O vão entre o delírio
E o colírio
Que cega os olhos de quem se ilude.
Interlude,
Quebra a barreira da plenitude,
E caoticamente,
A mente
Mente
Em defesa do que não se sabe.
Que se acabe!
Pois nesse poema já não te cabes.

Yuri Cidade