Zenita Diniz Pereira en Azafatas y Modelos, Modelos de Publicidad, Modelos de Fotografía y Publicidad Auxiliar administrativo • Craneum Radiologia Odontologica 22/5/2018 · 1 min de lectura · +900

Sol é vida

Expor-se ao sol por, no máximo, 30 minutos pode ser aliado da saúde Vitiligo, psoríase, dermatite, depressão e osteoporose. O tratamento de todas essas doenças passa por um remédio rápido, prático, indolor e gratuito: o sol. A exposição aos raios solares por 15 a 30 minutos diários, sem o uso de protetor, controla todas essas enfermidades e ainda melhora a absorção do cálcio no organismo, o sistema.

No verão é comum prestarmos mais atenção aos cuidados com a exposição da pele ao sol, devido à maior incidência de raios solares e da maior intensidade de radiação UV.

Essa preocupação é compreensível, já que o excesso de exposição aos raios UV pode causar sérios danos como queimaduras, manchas, rugas e até mesmo câncer.

Porém, ficamos tão preocupados em nos protegermos do sol, que esquecemos que a exposição aos raios solares também traz benefícios para nosso corpo, e é até necessária para o metabolismo do nosso organismo.


Benefícios da luz solar

A exposição da pele à luz do sol ajuda a fortalecer o sistema imunológico, e auxilia no tratamento de doenças de pele como vitiligo, psoríase, dermatites, e também tem papel importante no combate a doenças psíquicas, como depressão e mal de Alzheimer.

A luminosidade do sol faz com que o cérebro reduza a produção da melatonina, substância que causa relaxamento e sonolência e pode levar a quadros de depressão quando produzida em excesso. Em contrapartida, aumenta a produção de serotonina, substância relacionada ao bom humor, aumentando a sensação de bem estar e a eficiência do sono durante a noite.

Sol é vidaJavier 🐝 beBee Stefano Venturi